domingo, 29 de setembro de 2019

FUNDAÇÃO NÚCLEO DE LOURO

No ano da Famíla a grande família FNA continua a crescer, desta vez foi o Nùcleo de Louro que celebrou a sua fundação tendo como testemunho grande parte da Região de Braga.
Urgezes também quis dar as boas vindas a estes novos irmãos escutas e esteve presente.
Sejam bem vindas a família FNA, de hoje em diante serão uns dos nossos.
Boa Caça.

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

APRESENTAÇÃO DO LIVRO "50 ANOS, 50 HISTÓRIAS"


Quando falamos em escuteiros, falamos em família e em amigos e perante uma iniciativa que marca as comemorações dos 50 anos do agrupamento 331 de São Dâmaso do CNE, o qual tem forte ligação com o Núcleo de São Dâmaso da FNA quisemos estar presentes na apresentação do Livro “50 anos, 50 histórias”, uma iniciativa do CNE agrupamento 331 de São Dâmaso, liderado pela Ch. Ângela Marques.
Um ideia que partiu da recolha de 50 histórias de momentos que marcam a a vida do agrupamento de São Dâmaso.
Uma palavra de apreço para o nosso amigo José Luís Silva a quem esteve a cargo a coordenação geral desta obra, que como todos sabem fez o seu percurso escutista neste agrupamento e faz parte da FNA Núcleo de São Dâmaso.
A cerimónia teve lugar no salão nobre da Sociedade Martins Sarmento, em Guimarães e contou com a presença vários convidados, muitos escuteiros, familiares e amigos.
Parabéns São Dâmaso.






TOMÁS - PARA SEMPRE CONNOSCO


Sem palavras.....
Em nome da família do Tomás, em nome do Núcleo de Urgezes, obrigado por todas as mensagens, pelas demonstrações de amizade e de carinho, pelos vossos gestos e pelas vossas presentes neste momento tao difícil.
Onde quer que esteja estará sempre connosco e sua alegria continuará a contagiar-nos.
Deixamos a mensagem com a qual o Núcleo de Urgezes se despediu do Tomás:

"Por mais duro que seja, somos apenas passageiros na vida e o nosso destino final não é aqui.
Nunca saberemos qual será o nosso último acampamento ou a nossa última boa acção.
Tantas são as pessoas que passam pela nossa vida e deixam a sua marca de uma ou de outra forma.
O Tomás tinha esse dom, marcar cada pessoa por onde passava.
Falar do Tomás é falar de alegria, boa disposição, família e escuteiros.
Anos a fio dedicados a uma causa que nos une, com um jeito ímpar de ensinar, mas ao qual todos reconhecemos mérito ao ponto de muitos de nós até hoje verem nele o “nosso Chefe Tomás”
Sempre o primeiro a dizer que não podia, mas sempre o primeiro a chegar….
Sempre com a critica dele na frente mas com uma disponibilidade para ajudar incrível.
É assim que sempre nos vamos lembrar dele….
No ano em que o Núcleo de Urgezes da FNA comemora 11 anos, um dos 11 fundadores parte para o pé do chefe supremo.
Mas a vida é assim, e nós seguimos o nosso trilho, olhamos para trás, a paisagem muda mas com certeza fica na nossa mente como uma fotografia bonita, que nos faz sorrir.
O Tomás chegou inesperadamente ao fim do seu trilho, um trilho bonito em que muitos de nós nos cruzamos com ele e ousamos caminhar ao seu lado.
Hoje o seu trilho segue um rumo diferente do nosso, rumo ao acampamento eterno, mas como escuteiros e católicos que somos, ficamos com a certeza que um dia os nossos trilhos se voltarão a cruzar.
Obrigado pelo tempo que sempre nos dedicaste e fica com a certeza de que este trilho, que até agora foi teu, continuará a ser desbravado por nós até ao dia em que Deus nos ensinará o caminho para o local onde nos voltaremos a encontrar.
À família, uma palavra de conforto, deixando a certeza de que a família FNA e a família escutista, e todo o corpo escutista de Urgezes em particular, é, e continuará sempre a ser a vossa família.
Descansa em Paz.
Até já…."

quinta-feira, 26 de setembro de 2019

LUTO DE ÂMBITO DE NÚCLEO

Na sequência do óbito do nosso irmão escuta Tomas Pinto, um dos fundadores no Núcleo de Urgezes da Fraternidade Nuno Álvares vem a Direção deste Núcleo, no âmbito do n.º 1 do artigo 111.º do Regulamento da FNA, decretar luto de âmbito de Núcleo durante um prazo de 15 dias contados a partir da data do óbito.

quarta-feira, 25 de setembro de 2019

O TOMÁS PARTIU PARA O ACAMPAMENTO ETERNO


É com enorme tristeza, profunda consternação e já com saudade que comunicamos que o nosso Núcleo fica mais pobre. O Nosso Tomás Pinto, conhecido e reconhecido por muitos irmãos escutas partiu para o acampamento eterno.
No ano em que o Núcleo de Urgezes comemora 11 anos da sua fundação, um dos 11 fundadores partiu para o pé do Chefe Supremo.
Honremos a sua alma, enaltecemos o enorme contributos que sempre deu quer ao CNE quer a FNA e continuemos o seu trabalho mantendo nos fiéis aos valores do escutismo e da igreja católica.
As cerimónias fúnebres realizam se em Urgezes amanhã dia 27/09/2019 pelas 14horas.
OBRIGADO POR TUDO TOMÁS
ONDE QUER QUE ESTEJAS SERÁS SEMPRE UM DOS NOSSOS.
ATÉ SEMPRE ⚜️

sábado, 21 de setembro de 2019

O NÚCLEO DE URGEZES NO "COMPASSO"

Foi com enorme surpresa, mas com muita alegria que recebemos o "COMPASSO" do mês de Setembro.
Não é todos os dias que somos noticia ou aparecemos numa revista, e ver o aquilo que fazemos ser reconhecido é sem duvida um sentimento muito bom.
Já muito falamos sobre a nossa ida a Suiça e todas as palavras que escrevermos serão poucas para descrever o que vimos e o que vivemos. t
Ficam as memorias e quando elas aparecem gravadas desta forma têm um sabor especial.

Podem consultar na integra o Compasso de Setembro em:




domingo, 15 de setembro de 2019

Caminhada Solidária - APCG


Nesta manha de domingo e porque não somos indiferentes a boas causas, o Núcleo de Urgezes fez-se representar na caminhada solidária a favor da APCG, algo que já vem sendo habitual no nosso programa anual de actividades e numa manha de convívio e diversão conseguimos ajudar uma associação vimaranense que merece todo o carinho demonstrado pela multidão presente.

domingo, 8 de setembro de 2019

126ª Peregrinação à Penha


É muito mais que uma tradição em Guimarães a habitual peregrinação à Penha, este ano na sua 126ª edição, onde mais uma vez o arciprestado de Guimarães e Vizela deram uma prova de fé e devoção participando em massa.
O CNE e a FNA como escuteiros católicos que são juntaram-se a esta manifestação de fé.
E como não poderia ser diferente o Núcleo de Urgezes disse presente.













quarta-feira, 28 de agosto de 2019

O SONHO QUE NOS TRANSFORMOU



De 18 a 25 de Agosto o CNE Agrupamento 322 de Urgezes realizou um sonho, sim, os sonhos são realizáveis, basta crer. A FNA Núcleo de Urgezes teve o privilégio de fazer parte deste sonho, que teve o seu início em 2017, em que sonharam ser possível celebrar a comemoração do 50º aniversário do Agrupamento no emblemático KISC – Kandersteg International Scout Centre, situado na Suiça. Foram dois anos de muito trabalho, de muita dedicação e de muito empenho, mas valeu a pena.
Partíamos com o coração apertado por todos os que deixamos cá, porém, levávamos na bagagem muita expectativa e curiosidade e essas não foram defraudadas. Participar numa atividade internacional permitiu-nos alargar horizontes, conhecer novas culturas, novos hábitos, associações de escuteiros de outros países com diferentes formas de uniformizar, com um verdadeiro colorido de lenços, todavia, rapidamente percebemos que o que nos une é muitíssimo mais do que nos separa. Sentimos que o ideal escutista é comum, que a vontade de servir e de tornar o mundo melhor é uma partilha indiscutível.
O programa foi totalmente cumprido, todas as secções, incluindo a FNA, puderam realizar atividades para si próprias, previamente selecionadas, puderam partilhar momentos em conjunto, puderam realizar atividades em equipas mistas de interação com a população e de conhecimento da localidade que nos acolheu e puderam participar em atividades conjuntas com escuteiros de outras nacionalidades, com natural destaque para o fogo de conselho internacional em que, quer o CNE quer a FNA, realizaram as suas apresentações e assistiram as apresentações de escuteiros de diversos países.
A imensidão do céu azul em comunhão com a imponência das montanhas que rodeiam o centro escutista, lembram-nos que a natureza que Deus criou, é-nos colocada à disposição para dela tirarmos o maior proveito e lembrarmo-nos que ser escuteiro, criança, jovem ou adulto é ser feliz, é ter a capacidade de transformar o mundo a cada momento e ter a coragem de se deixar transformar a si próprio. A realização deste sonho teve essa particularidade, transformou todos os que se deixaram envolver.
Até um dia KISC